Natural de Petrolina – PE, o cantor e compositor Elvis Marlon cresceu na Vila São Luiz em Duque de Caxias. E é de lá que vem o encontro com o samba. Seu trabalho como compositor está diretamente ligado à admiração pelo gênero enquanto folclore, com sua riqueza poética e melódica. Jovem pesquisador, Elvis tem se debruçado sobre a história do samba na baixada fluminense que tem origem ainda na década de 30 do século passado. Esse trabalho, na visão dele é uma maneira de contextualizar-se no espaço e no tempo, criando sua identidade artística. Tendo a tradição como referência para a inovação. Filho do compositor Joaquim David, começou no teatro em 2005, se profissionalizando como ator em 2009. Foi garoto propaganda da Universidade Unigranrio durante o biênio 2012/2013. Seu primeiro registro musical, o Ep SambAndarilho foi produzido em 2014, cujo show homônimo marcou presença em teatros do Sesi e Sesc recebendo convidados especiais como a sambista Dorina. Ainda em 2014 foi um dos finalistas do Festival Estudantil da Música Brasileira, tendo sua música “Rei, não” incluída no disco do festival. E atualmente o samba “leve o que quiser” de sua autoria em parceria com Rafael Lorga dá nome ao disco de estreia da banda Pietá e tem a interpretação de Chico Cesar. A faixa foi executada no programa Faro mpb da radio MPB FM, este ano. No próximo dia 30 de novembro às 20h, Elvis apresenta o show SambAndarilho no teatro do Sesi- Caxias com participação de Luisão e direção musical de Ronaldo Justo. O endereço é rua Arthur Neiva, 100 – Duque de Caxias. O ingresso custa 10 reais na bilheteria do espaço.


Elvis Marlon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *